Homepage / Comer / Restaurantes França / Sudoeste / Le Terroir: restaurante em Madiran
Le terroir restaurant à Madiran
Entrée du restaurant Le Terroir Madiran
Entrée du restaurant Le Terroir Madiran

Depois de uma manhã desbravando as vinhas orgânicas do Domaine Capmartin, antes de retornar à Pau (Sudoeste da França), saímos à procura de um lugar para almoçar. Com muita surpresa encontramos Le Terroir. Confesso que não esperamos encontrar um restaurante tão requintado, recentemente renovado e aberto num domingo invernal nesse vilarejo dos Pirineus!

Logo na entrada fomos seduzidos pelo lugar excepcional, localizado no coração de Madiran e notamos o logotipo da Logis de France Le prieuré (sinal de qualidade). O antigo prédio é uma anexo da Mais du Vin, de fronte para a antiga igrejinha. O muro revestido de vinhas se integra perfeitamente à natureza circundante. Era como se o tempo tivesse parado no meio desta paisagem bucólica, ideal para o nosso almoço!

A historia do restaurante é a seguinte: o estabelecimento pertence a um empresário asiático, apaixonado pela região, ele vem investido nos vinhos de Madiran (propriedade Laffont em Maumusson-Laguian). O seu objetivo é reabilitar os vilarejos históricos  franceses que estão abandonados. Foi o quê nos contou a simpática sommelière do restaurante.

O local ficou fechado por vários anos e graças a este investidor reabriu as portas na primavera europeia de 2018, depois de anos de obras e milhares de euros.

Recepção

No primeiro contato a recepção pareceu um pouco snobe mas logo em seguida se mostrou bem calorosa. Claro, não tivemos nenhuma reserva, mas fomos bem recebidos. Inclusive, a equipe fez vista grossa para os meus sneakers cobertos de terra molhada que alimentam o vinhedo de Madiran … O serviço foi impecável, como um balé e no respeito da harmonia e do silêncio. Ahhh como nós apreciamos este paraíso de paz nesta aldeia dos Pirineus!

Atmosfera

Belo ambiente com um grande salão do século XI decorado com bom gosto, sem excesso, em tons claros que dá uma atmosfera calorosa e totalmente de acordo com a alma e a história do lugar: uma paisagem de culturas de vinhas onde reina a calmo e a gentileza.

O restaurante pode receber cerca de sessenta pessoas. Nossa pausa para o almoço foi voltada para a natureza graças às grandes janelas que davam para o jardim relevando a natureza verdejante. Um lugar para voltar no verão e desfrutar do terraço aos pés da Sainte-Marie Madiran.

A cozinha

Produtos frescos e locais como os cogumelos de Madiran são servidos no restaurante. Bela apresentação de pratos. Cozinha simples, mas elegante, que destaca os produtos da região com pratos coloridos. Nossa escolha foi por prato-sobremesa, sem entradas: filé de carne para mim e pé de porco, para Stéphane. Na continuação, pedi uma sobremesa de maracujá e topinambour e Stephane um soufflé floc de Gascogne. Como você pode ver nas fotos acima, o restaurante tem todos os códigos gastronômicos:  amuse-bouche, manteiga caseira, chocolate no final da refeição para acompanhar café ou chá (eu, permaneci com o vinho-chocolate!)

Os vinhos

O estabelecimento apresenta uma bela carta de vinhos da região. Porém, ficamos decepcionados com a opção de vinho na taça. Um argentino nos foi servido. Nada contra contra os elegantes vinhos argentinos, mas como uma boa enoturista preferia ter degustando um vinho de Madiran, Gascogne, Béarn ou mesmo um Jurançon…mas a simpatia da sommelière nos fez esquecer este contratempo.

A conta

Menu Le Terroir Madiran

O preço é o mesmo de uma conta de um bom restaurante parisiense (um pouco elevado para a região, apesar do seu serviço refinado). Conte cerca de 58 euros por pessoa para um prato e uma sobremesa, sem bebidas.

Informações práticas