Benchmark Chardonnay Barossa Valley Austrália Branco 2016

Homepage / Vinho / Vinho Branco / Vinho Branco Australiano / Benchmark Chardonnay Barossa Valley Austrália Branco 2016

Preço: 10,80 € – Nota: 3,2/5

Benchmark Chardonnay 2016 é um vinho branco seco, vivo e encorpado da Barossa Valley (a Napa Valley da Califórnia). A história da propriedade remonta a 1855, quando John Burge imigrou da Inglaterra (mas a região tem uma grande tradição germânica). Mais tarde, Grant Burge e sua esposa Helen, a quinta geração de vinicultores, criaram a propriedade. Isso fora em 1988. Hoje eles desenvolvem a propriedade preservando as tradições herdadas de sua família no Vale de Barossa. Vinho degustado em julho de 2018,  adoramos a textura e do seu lado “vif” deste australiano.

Caderno de bordo

  • País: Austrália

  • Região: Barossa Valley

  • Categoria: não fortificado

  • Cor: branco

  • Denominação de origem: Chardonnay South-Australia

  • Safra: 2016

  • Suavidade: seco

  • Produtor: Grant Burge Winery

  • Uva/corte100% Chardonnay

  • Graduação Alcoólica: 13%

  • Sulfitos (SO2): –

  • Terroir : Barossa Valley é um terroir com videiras antigas, enraizadas e não irrigadas (80 hectares com mais de 100 anos!). Ele está localizado no sul da Austrália, 56 km a do nordeste de Adelaide. Os verões são quentes e secos, sol um pouco argiloso de barro e areia.

  • Elaboração : as uvas são esmagadas, resfriadas e prensadas em cubas por 48 horas antes da fermentação. 70% do vinho entra em fermentação a frio em cubas de inox por 3 semanas e 30% em barricas de carvalho francês. Amadurecimento por 6 meses. Fermentação maloláctica em apenas uma parte da mistura e envelhecimento em borras durante 4 meses dá ao vinho a sua textura e complexidade.

Degustação

  • Condição: nítida
  • Cor amarela com refelxos verde limão

  • Aromas florais e de pêssego amarelo

Intensidade aromática

  • Na boca, notas de abacaxi predominante
  • Ligeiramente picante (mel) e amadeirado
  • Longa acidez, vinho vivo e encorpado
Nível de acidez
Nível de açúcar
Corpo
Grau de madeiramento
Nível de taninos
Nível de complexidade

Serviço

  • Não

  • Temperatura de degustação entre 10-12°C.

  • Este vinho vai muito bem com marisco, pratos de peixe com natas, frango grelhado e queijos

Evolução/guarda

  • Cerca de três anos

  • pronto para beber

  • Plage de dégustation:  2018-202o

  • Num local escuro protegido de luz solar direta e até da iluminação artificial. Se você não tiver uma adega, uma despensa ou um armário fechado, guarde as garrafas numa caixa e tape-as com um pano.
  • Evite colocar o vinho junto a alimentos ou produtos com aromas fortes.
  • A temperatura ideal para guardar o vinho está entre 12ºC e 14ºC. A temperatura deve ser constante e se existirem variações essas devem ser graduais. Por exemplo, a temperatura no local de armazenamento do vinho não deve flutuar mais de 1.6ºC num dia e 2.7ºC num ano.
  • A humidade do local é outro fator importante (nível ideal entre  60% e os 80%).
  • A garrafa deve ficar deitada (horizontalmente) para que rolha fique em contato permanente com o vinho. Evite locais com vibrações como as de eletrodomésticos.

+ Informações

Para mais informações

Contato

Boa degustação!

By |2019-01-30T15:45:34+02:00outubro 12th, 2018|Tags: , , , , |0 Comments

About the Author:

Raice é jornalista e redatora gastronômica, formada pelo CELSA (Sorbonne) e Académie du Vin de Paris (WSET). Franco-brasileira, nascida em Natal (Brasil), foi Paris onde ela largou suas malas. Apaixonada pela África, viveu em Angola, África do Sul e Congo. Começou sua carreira como repórter de TV em Brasília, trabalhou na CLP-TV e na Paris Première (Paris) e também trabalhou em comunicações para empresas internacionais como FUNCEF ou Total. Hoje é CEO da agência Degustar o Mundo, quando ela não está degustando ou escrevendo para este site, está desenvolvendo novos projetos. Você pode lê-la todas as semanas no Jornal de Brasília.

Leave A Comment